Renúncia – Gl 2.20

cruz

“…logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” – Gl 2.20 

Cada vez que ouvimos falar a respeito de alguém que renunciou ao seu cargo, ofício, profissão ou qualquer outra coisa imediatamente pensamos que isto foi motivado por pressão ou opressão, por cansaço ou por reconhecimento de completa derrota. Em alguns casos, a renúncia é bem vinda porque é produto da justiça contra os injustos e maus; em outros ela evidencia a fraqueza, a dor, a desesperança. Paulo fala de uma renúncia que verdadeiramente agrada a Deus: Renunciar a si mesmo.

A expressão: “já não sou eu quem vive” evidencia quem estava no controle da vida onde todas as coisas giram ao redor da pessoa e seus desejos. Tal qual a lei da física que afirma que dois corpos não podem habitar o mesmo lugar ao mesmo tempo, Paulo renunciou ao seu “eu” interior para dar espaço a Cristo. Este esvaziamento voluntário também pode ser visto em João Batista quando afirmou: “convém que ele cresça e eu diminua” (Jo 3.30). 

A qualidade do cristão se vê justamente no auto-aniquilamento, na renúncia consciente e constante, na entrega voluntária diante do altar de Deus, nas súplicas para ser pleno de Cristo a fim de que Ele possa ser visto em cada palavra ou atitude. Já não é mais viver confiando em si mesmo ou em suas capacidades, mas pela fé no filho de Deus. 

Não existe melhor exemplo de renúncia do que aquele demonstrado por Jesus. Ele tinha todo o poder, mas esvaziou a si mesmo para assumir a forma humana; tinha toda a autoridade, mas foi obediente até a morte na cruz (Fl 2.7-8). Paulo afirma que Jesus se entregou por amor – amor ao Pai, amor à sua obra, amor por seus eleitos. Este amor imensurável foi o motivo porque Paulo renunciou a si mesmo para seguir e servir ao Senhor Jesus. 

Renunciar a si mesmo é a melhor coisa que você pode fazer. Esvaziar-se dos valores deste mundo tenebroso, dos sentimentos ruins, dos seus desejos é dar-se a oportunidade de crescer mais na graça do Senhor. Pense nisto: Cristo vivendo através de você! Quanto mais você se esvaziar, mais espaço haverá para Jesus preencher; quanto mais renunciar, mais verdadeiras estas palavras do apóstolo Paulo se tornarão em sua vida. 

Um bom e abençoado dia!

Rev. Joel 

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.