O Senhor é a fortaleza – Salmo 27.1-14

635E2029-4879-4A96-A532-18693E50D278

Em momentos na vida por conta das adversidades nos sentimos totalmente sem energia, o salmista Davi faz este apelo registrado no vigésimo sétimo capítulo de Salmo. Aqui temos um apelo pessoal ao Senhor, expresso em face de prementes ataques. No terceiro versículo percebemos um quadro de ataque, que ele estava enfrentado, podemos pressupor que Davi está falando como rei, ou seja, seu país estava sendo atacado.

O texto mostra que a sua confiança não está em suas armas ou em seu poder militar, mas sim, no Senhor. Davi sabia que o General, Senhor dos senhores, Rei dos reis, tem todo poder, neste sentido sua confiança está no Senhor.

Nossa força estimada em nossa confiança é o maior erro que podemos cometer, sem Jesus Cristo somos fracos e permanecemos sozinhos sem forças. Um cristão não confia em si, ele confia no Senhor.

O Salmo de Davi, demonstra seu grande interesse em ter Deus ao seu lado, e ele estar ao lado de Deus. Claramente percebemos que Davi gostava de cantar, orar e esperar em Deus, de forma clara podemos observar essa afirmação em suas poesias.

Observe que o Salmo apresenta dois paralelos interessantes entre o salmista e Deus.

  1. Deus está com Davi, em paralelo, Davi está com Deus
  2. Davi fala a Deus, em paralelo, Deus fala a Davi.

A Escritura em suas traduções traz os seguintes temas como sugestão para o Salmo 27, “Com Deus não temeremos” (Nova Almeida Atualizada); Anelo pela presença de Deus” (Atualizada); “Confiança em Deus e anseio por sua presença” (Almeida / Século 21); “Minha Luz e Minha Salvação” (Derek Kidner).

A escritura traz todos os temas voltado para a confiança no Senhor, somente Ele é nossa fortaleza, rocha forte, O Deus forte, Príncipe da paz, Pai da eternidade. Davi expressa sua confiança no Senhor quando pergunta, “de quem terei medo?”. Nos versículos primeiros ao terceiro, Davi expressa que Deus está comigo, tendo Deus ao seu lado, Davi sentia-se seguro, protegido, guardado, “…de quem terei medo?” “…a quem temerei?” Davi considerava Deus como luz, salvação, fortaleza. E, mesmo que os malfeitores tentassem o destruir, ir contra ele, não haveria motivos para temer, pois Deus estava com ele, e isso fazia toda diferença. Os inimigos só podiam agir dentro do permitido por Deus. Nada acontece sem a permissão de Deus e permissão com determinação até onde poderia ir. Mas se Deus estava com Davi e observe que a ação vem do alto, agora Davi está com Deus, conforme os versículos quarto a sexto, Eu estou com Deus. A humanidade gota do que é belo, bonito, maravilhoso, por isso buscam, almejam tentam obter, alcançar. Davi considerava Deus maravilhoso e belo. Por isso, desejava intensamente Deus e se esforçava sobremaneira para viver ao lado de Deus em constante louvor.

Davi inicia a segunda parte do paralelo desta poesia de forma tão bela, o homem foi criado para ter relacionamento direto, para ter interação, e Davi confia de tal forma no Senhor que ele conversa com o Senho. Agora nos versículos sétimo a décimo encontramos Davi informando, Eu falo e Deus ouve. Davi crê que Deus está sempre atento, com os ouvidos voltados para ele, neste sentido o Senhor estava atento para ouvir sua oração. Que maravilho, extraordinário momento é falar com o Pai, nós falamos e Ele ouve. Davi falava e o Senhor ouvia. Em diversas vezes encontramos de forma triste relatos de pais que abandonaram seus filhos. Muitos pais abandonam seus filhos, mas, Deus jamais os abandonará. Deus nunca está ocupado demais para não ouvir o clamor de seus filhos. Observe que se Davi fala com Deus, então Deus fala e Davi obedece, conforme os versículos décimo primeiro ao décimo terceiro. Deus fala e eu obedeço, Davi respondia a Deus de uma forma maravilhosa, ele obedecia e andava nos caminhos do Senhor. Davi era coerente, Deus ouvia o seu clamor; Davi, por sua vez, ouvia a voz de Deus e se guiava pela Palavra do Senhor. Assim, Davi sentir-se fortalecido.

O décimo quarto versículo Davi faz um apelo a que outros sigam o exemplo do salmista, ainda que seja possível que esteja falando a si próprio como uma palavra de auto encorajamento. De uma fé forte no Senhor flui feitos poderosos em seu nome. O “coração” se situa no centro de sua vida como um todo. De todo o seu ser, ele está desejoso, como Josué conforme registro em Josué 24.15, que mostra seu desejo de servir ao Senhor.

Neste texto, o vigésimo sétimo capítulo do livro de salmo encontramos ensinamentos grandiosos para nossas vidas, Deus está com Davi e Davi está com Deus, encontramos a confiança que ele tinha no Senhor. Davi sumaria em três palavras o que o Senhor significava para ele, a saber, “luz, salvação e fortaleza”, conforme o primeiro versículo.

Como traz conforto e segurança saber que Deus está no controle de todas as coisas, é maravilhoso saber que Deus está ao nosso lado! Isso fortalece-nos e dá segurança, pois tudo está no controle de Deus, e isto significa que tudo o que nos acontece tem a mão providente de Deus por trás. Deus é bom o tempo todo, o tempo todo Deus é bom.

Esse texto traz um grande alerta ao homem, devemos tomar cuidado para não tratarmos Deus com indiferença. Deus é extraordinário, maravilhoso, perfeito Senhor, o único Senhor. Por isso, devemos querer viver intimamente com Deus. Nosso Senhor amou os seus de tal maneira que entregou o seu único filho e ensinou a todos como agradar ao Seu coração. O verbo que se fez carne, habitou entre nós. O Senhor amou a cada um, primeiro para que o amássemos, com todas as nossas forças, para louvor e adoração ao Seu Santo, Santo, Santo nome. É reconfortante, bom demais saber que Deus ouve nossa oração! Deus não nos rejeita. Pai e mãe podem rejeitar seus filhos, porém Deus, jamais rejeitaria os seus.

Mas será que temos disposição em ouvir a Palavra de Deus? Entendamos o verbo “ouvir” como sinônimo de “obedecer”. Se Deus ouve nossa oração, é justo que ouçamos e obedeçamos a Palavra do Senhor.

Que sejamos como Cristo Jesus, Ele falou com o Pai, o Pai o ordenou e Ele o ouviu, ou seja, obedeceu conforme fora ordenado. Viver no centro da vontade do Senhor é louvar, glorificar ao Senhor.

Que a graça do Nosso Senhor e salvador Cristo Jesus, o amor de Deus o Pai e a comunhão com o espírito Santo esteja sobre todos nós, hoje e para todo sempre. Amém!

Que Deus abençoe sua vida e vamos obedecer ao Senhor!

Rev. Cristiam Matos

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.