O Amor é o Único Caminho

WhatsApp Image 2022-02-12 at 23.35.43

Na língua portuguesa existem muitos significados para uma única palavra, no caso da palavra amor, em seu contexto, ela pode representar, um amor amigo, divertido, apaixonado, familiar entre outros. No grego encontramos oito tipos de amor, em palavras diferentes, a saber, Eros (Amor Apaixonado), Ludus (Amor Divertido), Philos (Amor Próprio), Mania (Amor Obsessivo), Pragma (Amor Comprometido), Storge (Amor Familiar), Philia (Amor Amizade) e Ágape (Amor Compassivo e Piedoso).

Na bíblia encontramos a palavra amor sendo citada por 308 vezes e no sentido Ágape por 117 vezes, o Apóstolo Paulo escreve sua primeira carta aos Coríntios no décimo terceiro capítulo encontramos a palavra Ágape por 7 vezes em apenas treze versículos.

A palavra Ágape é o amor compassivo, piedoso, desinteressado e incondicional, um amor que visa o bem do outro e não ao seu próprio bem. O apóstolo Paulo inicia o décimo terceiro capítulo demonstrando, se não existir o amor incondicional, sem interesse, você pode falar na língua dos anjos, dos homens, de nada valerá, pois, o mais importante é o amor, incondicional, sem interesses.

A Escritura Sagrada nos ensina que o maior mandamento que temos é o amor, Deus ordenou que devemos amar uns aos outros, e amar a Jesus Cristo, ser discípulos em amor Ágape. Esse capítulo é profundo e grandioso em sua obra, o Apóstolo Paulo fala sobre as superioridades do amor, as excelências magníficas do amor e a perenidade do amor.

Infelizmente a palavra amor foi deturpada com o passar dos anos, pela literatura e pela sociedade, amor tornou-se símbolo de vazio, em nome do amor é ensinado o ódio, a morte, a exclusão, a divisão, desgraça, dentre outros males.

Quando o apóstolo Paulo fala em amor, está usando uma palavra específica, ágape. O amor ágape é o próprio amor de Deus. É o amor sacrificial, genuíno, puro. É o amor santo, que não busca seus interesses. É o amor que se entrega. É o amor que é mais do que emoção é amar o indigno. É amar até às últimas consequências. É amar como Cristo amou. Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela. O amor de Cristo é pelos totalmente indignos, somos feitos dignos porque Cristo amou sem esperar nada em troca, Ele deu a vida para que tivéssemos vida, isso provém antes da natureza daquele que ama, que de qualquer mérito do ser amado.

As cartas do apóstolo Paulo às igrejas de Éfeso, Filipos, Colossos e Tessalônica, encontramos o agradecimento a Deus pelo amor existente entre aqueles irmãos. Paulo elogia aquelas igrejas pelo amor que tinham. Porém, Paulo não elogia a igreja de Corinto nesse particular. Ao contrário, Paulo elogia a igreja de Corinto pelos dons, mas não pelo amor. Corinto era uma igreja cheia de dons. Não faltava àquela igreja nenhum dom, entretanto, faltava-lhe a prática do amor. Esse era o ponto vulnerável daquela igreja, a falta de amor. Ela era uma igreja trôpega e frágil na prática do amor fraternal. A igreja de Corinto era imatura e carnal, neste sentido, Paulo escreve o décimo terceiro capítulo, tratando deste tema tão importante e fundamental, o amor.

Paulo está dizendo que todos os dons mais dramáticos e mais maravilhosos que podemos imaginar são inúteis, se não houver amor. O exercício dos dons espirituais não pode compensar a falta de amor.

Paulo está condenando a carnalidade da igreja de Corinto e mostrando que a única saída para uma igreja carnal e imatura é o remédio do amor. Paulo diz que a vida comunitária sem amor é inútil, ele descreve o que o amor é, o que o amor não é, e o que o amor faz. Ele finaliza o capítulo, descrevendo a natureza duradoura e eterna do amor. Concordo com o Reverendo Hernandes Dias Lopes em seu comentário de 1 Coríntios, quando descreve este capítulo em três pontos importantes: A superioridade do amor, as virtudes do amor e a eternidade do amor.

O amor é superior a todas as coisas, ele supera as decepções, tristezas causadas pela ganância, pelos interesses pessoais. O amor está acima de todas as coisas e é o mais importante, o amor é melhor que dons de milagres, martírio. A qualidade do amor somente encontramos em nosso Senhor, e somente Ele, pode dar-nos o verdadeiro amor.

O apóstolo foi expulso de Antioquia, por pregar o evangelho do amor, as boas novas, foi apedrejado em Listra, sendo arrastado por uma multidão, na Macedônia foi açoitado, preso amarrado em um tronco, perseguido pelos judeus de Tessalônica porque pregou em Beréia, foi acusado injustamente por levar um grego ao templo, porém ele suportou todas essas coisas, porque o amor verdadeiro não espera nada em troca, então ele continua a ensinar sobre o amor. Somente o amor pode dar forças para suportarmos todas as coisas.

O maior exemplo quando o amor, está em Jesus Cristo, nosso Senhor curou, fez milagres, foi tentado, e não caiu em tentação, foi acusado e não imputou as injúrias sobre os que acusaram, foi açoitado e ensinou que o amor está acima de todas as coisas.

A falta de amor faz vivermos uma falsa verdade, sem ele ofendemos os outros, ofendemos ao Senhor, nosso Deus, a Jesus Cristo.

Para finalizar gostaria de olhar para três aplicações importantes em nossas vidas:

  1. Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único filho, para entregar-se por nós, pecadores não merecedores de sua maravilhosa graça, porém por amor Ele o fez. Neste sentido ame seu irmão, tenha comunhão, ame aqueles que não estão na igreja, amemos a todos, da mesma forma que Jesus Cristo nos amou.
  2. Não deixe que as coisas deste mundo influenciam a visão perfeita do amor, Jesus Cristo foi julgado por um crime que não cometeu, açoitado, crucificado, sem ter cometido um erro se quer, porém, tudo o que Ele fez, foi por amor, esse amor que está sobre cada um sendo derramado.  Ame como Cristo amou-nos, ore pelo seu próximo, pelo seu colega de trabalho, pelo irmão da igreja que lhe ofendeu, por quem você ofendeu. A Igreja de Cristo será fortalecida no amor. Ame como Cristo nos amou.
  3. Se você tem dificuldade de amar, como Cristo ensina, dobre seus joelhos e clame ao Senhor, para que todos amemos como Cristo nos amou. Sejamos discípulos de Cristo fortalecidos por Ele.

 

Que o Senhor abençoe a cada um e vamos amar sem esperar nada em troca, apenas pregando o verdadeiro evangelho do Senhor.

 

Uma boa semana a todos.

Rev. Cristiam Matos.

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.