Mateus 5.4 – Feliz o que chora

photo-1512581574034-6f1da619c5fa

Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados”.

Chorar é uma ação própria de quem está profundamente sensibilizado. Choro pode ser de alegria, dor, medo, etc. Neste caso, Jesus se refere ao choro de tristeza. Ele usou a palavra “pentheo” cujo significado é lamentar, chorar com lamúrias, dizer com mágoa, queixar-se. De certa forma é chorar por algo que se fez, algo ruim e vergonhoso. Chorar é, então, um sinal de arrependimento profundo, é uma demonstração “líquida” que algo produziu morte e que agora a alma anseia desesperadamente por redenção. 

Entendo que Jesus chama de felizes aqueles discípulos que verdadeiramente se arrependem de seus maus atos, dos pecados cometidos, e que por isto derramam suas almas diante de Deus. Lembro da história de Pedro, de como ele desonrou  a Jesus negando-o diante de criados, e como o evangelista Mateus registrou isto: “Então, Pedro se lembrou da palavra que Jesus lhe dissera: Antes que o galo cante, tu me negarás três vezes. E, saindo dali, chorou amargamente” (Mt 26.57 ). 

Chorar diante de Deus é terapêutico: evita o embrutecimento por causa do pecado não confessado e reconhece a carência que se possui da glória de Deus (Rm 3.23); chorar traz a possibilidade de ser consolado pelo Espírito Santo e, no devido tempo, de receber a ação amorosa do próprio Deus que enxugará todas as lágrimas (Ap 7.17 e 21.4).  

Quando foi a última vez que você chorou diante de Deus?

Um bom e abençoado dia!

Rev. Joel

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.