Envolva-se

Quero me tornar membro

A Igreja Presbiteriana de Joinville estabeleceu alguns critérios para as pessoas que desejam ser membros comungantes. Diante do fato que pessoas de outras denominações encontram aqui um lugar onde se sentem bem e querem permanecer, é necessário conhecer a doutrina bíblica e os princípios fundamentais da fé reformada. 

Para isto existe uma classe chamada “catecúmenos”, cuja função é oferecer este conhecimento antes que a pessoa seja recebida como membro. Este tempo de estudo também oportuniza o acolhimento e faz com que a comunhão aconteça. 

Findo os estudos, cada pessoa precisa ter um momento com o Conselho da igreja onde serão ouvidos quanto aos motivos que os levaram ao desejo de se tornarem membros, e também para verificar se entendem o compromisso que passam a assumir diante da comunidade.

Se tiver alguma dúvida, converse com um dos presbíteros ou o pastor.

Reuniões de Oração

Todas as terças-feiras há reunião de oração nos lares com o objetivo de intercessão e comunhão. Os lugares são previamente agendados e noticiados via boletim informativo da igreja, onde consta o endereço e horário.

Grupos de Comunhão

Todas as quartas-feiras há reunião com objetivo de estudar a Bíblia e aumentar a comunhão. Os lugares são definidos e noticiados através do grupo de WhatsApp específico.

Reuniões de Estudo Bíblico

Todas as quintas-feiras, às 19h30min, no templo. Estudo expositivo da Palavra de Deus visando o crescimento espiritual dos participantes.

Participe das Sociedades Internas

A UCP é uma Sociedade interna da IPB que integra e prepara as crianças de forma sólida, visando o crescimento Espiritual, físico, intelectual e convívio social. A UCP é uma escola onde a criança aprende a servir ao Senhor Jesus através da Igreja, recebendo noções de diversos cargos, funções e aprendizado em liderar.

Esta sociedade interna tem a finalidade de unir as crianças da Igreja para lhes dar orientação evangélica sob o regime presbiteriano; oferecer-lhe ambiente construtivo, recreativo e prepará-las para serem membros da Igreja e colunas na obra do Senhor.


A UPA, União Presbiteriana de Adolescentes, é uma sociedade interna da Igreja Presbiteriana do Brasil, destinada ao trabalho de todos os adolescentes da Igreja Presbiteriana entre as idades de 13 a 18 anos. Têm como objetivo organizar as atividades realizadas com os adolescentes da igreja local. Na UPA, os adolescentes têm a oportunidade de conviver com outros jovens participando de momentos de comunhão, louvor e reflexão bíblica. A UPA é organizada nacionalmente através de uma Confederação Nacional de Adolescentes.

A União Presbiteriana de Adolescentes nasceu em 9 de julho de 1967 na Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro. A adolescência ganhou um cuidado especial, com um trabalho específico que resultou em conversões, amadurecimento e crescimento espiritual. A UPA celebra o Dia Nacional do Adolescente Presbiteriano no quarto domingo de julho. Anualmente, é realizado em cada estado o DNA, Dia Nacional do Adolescente Presbiteriano.


A UMP — União de Mocidade Presbiteriana é uma sociedade interna da IPBMP, que reúne jovens da igreja a partir de 18 anos de idade, confirmando-as no conhecimento do evangelho e capacitando-as para conhecer e servir ao Senhor em adoração, evangelização, discipulado, comunhão e serviço, desempenhando fielmente seus papéis no cumprimento dos mandados espiritual, social e cultural.

Na IPB, considera-se o ano de 1936 como o ano de surgimento da sigla UMP, sendo que, àquela época já existiam mocidades atuantes em muitas igrejas pelo país. Em 24 de fevereiro de 1946 era organizada a Confederação Nacional, por ocasião do histórico 1º Congresso. O 3º domingo de maio consagrou-se como o dia da UMP.


A Sociedade Auxiliadora Feminina (SAF) é uma sociedade da IPBMP, pertencente à Igreja Presbiteriana do Brasil. Têm como objetivo organizar as atividades realizadas com as mulheres da igreja local. As SAF têm uma preocupação especial com o bem estar das mulheres na igreja e também com a evangelização. Como todas os demais sociedades e ministérios, a SAF sempre têm suas reuniões que vão mais além da simples convivência: as mulheres costumam ser as organizadoras dos eventos benéficos e comidas de convivência entre os membros das igrejas.

A SAF possui uma revista de circulação nacional chamada “SAF em revista”, onde se pode encontrar testemunhos de várias mulheres, artigos, reflexões e, como não pode faltar em uma revista feminina, receitas culinárias. A primeira Sociedade Feminina da qual se tem notícia e documentos comprobatórios é a do Recife, PE, criada em 11 de novembro de 1884, com o nome de “Associação Evangélica de Senhoras”, e tendo por finalidade realizar estudos bíblicos e arrecadar fundos para auxiliar os necessitados e a Igreja.


Um dos primeiros objetivos da UPH é oferecer aos homens oportunidades de companheirismo e confraternização de maneira saudável e construtiva suprindo a necessidade psicológica e social de se relacionarem. Também dá aos homens da Igreja a oportunidade de cultivarem a sua vida espiritual ouvindo preletores, estudando as Escrituras e orando.

Os homens também podem aprender sobre suas necessidades específicas: como relacionar-se melhor com a esposa e os filhos, como lidar com tentações, como enfrentar problemas no trabalho e na vida financeira, como lidar com os desafios de diferentes faixas etárias (meia-idade, maturidade, velhice).

Fora do âmbito da igreja a UPH envolve-se com atividades de cunho evangelístico (visitas, testemunhos, distribuição das Escrituras e literatura cristã) em presídios, hospitais, asilos, ruas e outras instituições.

Contribua

BANCO DO BRASIL: Agência: 2981-5   |   Conta: 7878-6

UNICRED: Agência: 1305-6   |   Conta: 195510-1

CNPJ: 84.717.487/0001-18