Dia das mães – Provérbios 31.28-31

Blog IPJ (4)

O capítulo de 31 do livro de provérbios relata a influência que um rei sofreu através de sua mãe. A mãe do rei Lemuel é uma educadora primorosa, ela investe na vida do filho. Bem no começo do capítulo, ela declara a seu filho, o quanto ele é importante para ela e que, ele foi consagrado para Deus.

A mãe de Lemuel, aconselhou o filho a aliviar a dor do aflito, a ser a voz do mudo, de dentro de seu lar, as orientações mais seguras lhe chegam aos ouvidos, para o exercício de um governo humano e solidário.

Ela ensina que um rei não governa para si, mas para o povo, é um ministro de Deus, para servir o povo, não governa com parcialidade.

Os ensinamentos de sua mãe refletem em suas decisões, como reis não podem ser covardes na hora de tomar grandes decisões, cuidar para que a opressão aos pobres e os necessitados não os sucumbam nos tribunais.

Nesta passagem de provérbio encontramos o termo mulher virtuosa, qual é descrita com a doçura de um anjo e a força de um gigante. Com a sabedoria de um erudito, e a destreza de um guerreiro, com a desenvoltura de um perito e a candura de uma mãe cheia de afeto. Com integridade, pois ela é uma mulher confiável.

Uma mãe que possui essas qualidades, demonstram momentos impares, pois ela é amável no lidar, doce nas palavras, firme no caráter e nas atitudes.

A mãe e mulher virtuosa que encontramos na escritura, possue características, de pensar no próximo e ensinar o próximo.

A mãe e mulher virtuosa tem um árduo trabalho é generosa pois seus olhos não estão voltados apenas para si, mas para o marido, filhos e também aflitos ao seu redor.

A mãe investe na família, no marido, nos filhos e no próximo, é isso que encontramos aqui nos versículos 28 a 31. Quatro elogios são destacados aqui, o marido elogia a esposa, essa mulher semeou o amor e agora colhe os frutos de sua semeadura. O versículo mostra-nos a sabedoria, pois ela teme ao Senhor. A mulher que teme ao Senhor, é esposa, mãe, virtuosa, feliz por andar no centro da vontade do Senhor.

A mãe, mulher virtuosa fazia muitas obras relacionado a bondade, sem nenhum alarde, mas o reconhecimento de suas obras foi público. Ela estava fazendo-o em secreto, porém o Senhor permitiu que se torna público. O que ela fazia em secreto era agora anunciado. 

Mães, mulheres virtuosas não procuram holofotes para si, mas o fazem em tudo com amor e dedicação, no temor de Cristo Jesus. Olhar para Cristo, buscar pregar a Cristo, através das atitudes e gestos, louvam a Cristo.

Somente uma mulher que foi alcançada por Cristo, todos os dias da vida, busca a Jesus Cristo, para parecer-se com Cristo, terá uma família abençoada. O prazer da mãe, mulher virtuosa está em aconselhar seu filho e marido a caminhar no centro da vontade do Senhor.

Somente Cristo poderá conceder a mente, o coração e a dedicação da vida, voltada para Ele. Que nosso Senhor Jesus Cristo, reine em sua vida e que você O conheça, pois somente em Cristo, a mãe, mulher virtuosa será abençoada e terá as qualidades descritas aqui em provérbios.

Que o Senhor abençoe a vida de todas as mulheres e mães!

Feliz dia das mães!

Rev. Cristiam Matos

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.