Deus Abençoa Seu Povo

Blog IPJ (3)

Quem não quer ser abençoado por Deus?

Todos aqueles que têm o temor de Deus no coração vivem constantemente a expectativa da bênção de Deus. E aqueles que, embora sem o temor de Deus no coração, basta um problema qualquer para pedir oração para que Deus dê sua bênção.

Em Números 6.23-26 encontramos o próprio Deus declarando sua bênção sobre seu povo, e a colocou sobre seu povo:

23Fala a Arão e a seus filhos, dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel e dir-lhes-eis: 24O SENHOR te abençoe e te guarde; 25o SENHOR faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; 26o SENHOR sobre ti levante o rosto e te dê a paz.

O Senhor declarou sua bênção ao povo de Israel, prometeu dar proteção a seu povo, tratar seu povo com misericórdia e conceder a paz.

Esta bênção, embora direcionada inicialmente ao povo de Israel no Antigo Testamento, não foi somente para eles. Ela é também destinada para todos aqueles que viveram no tempo do Novo Testamento, e também nos alcança hoje.

Deus tem guardado os seus, e muitas promessas encontramos nas Escrituras que comprovam esta tese. Nosso Senhor não desampara o seu povo, Ele os sustenta e guarda, louvado é nosso Deus.

Temos experimentado muitas bênçãos, muitos livramentos, muitas providências de Deus em nos guardar e proteger do mal.

A proteção divina é extraordinária quando, nosso Deus é protetor, consolador, nosso supremo pastor.

O próprio Jesus nos ensinou a pedir a Deus: “…livra-nos do mal…” (Mateus 6.13). Lembremo-nos, ainda, do Salmo 34.7, que diz: “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem e os livra.”

Deus também tem demonstrado hoje seu olhar com misericórdia em relação a seu povo, misericórdia esta que não tem fim e que se renova a cada manhã, conforme registro no livro Lamentações de Jeremias 3.22-23.

A maior prova de sua misericórdia, é Deus ter enviado Jesus Cristo para salvar o seu povo dos pecados deles, esse registro encontramos no evangelho segundo Mateus 1.21.

A promessa da Salvação é, sem dúvida alguma, o maior ato de demonstração de misericórdia da parte de Deus para com os pecadores, transformando-os em seus filhos.

Deus tem dado paz a seu povo. Esta paz foi manifestada e concedida por Jesus Cristo, o “Príncipe da Paz”, conforme registro no livro de Isaías 6.

A paz que o Senhor nos concede ultrapassa as barreiras do sentimento é uma paz que recebemos na alma. Não importa as circunstancia a paz que recebemos do Pai é plena em todos os momentos.

Ele mesmo disse a seus discípulos: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” João 14.27.

Em Cristo, tudo isso se concretiza e se realiza. Deus concede a seu povo: proteção, misericórdia e paz.

Essa é a maior verdade que podemos ter, isso é verdadeiro, o que mais precisamos.

Louvado seja o nosso Senhor!

A luz deste texto como poderíamos orar ao nosso Senhor, talvez podemos orar assim: “Ah, Senhor, nosso Deus, quão maravilhoso é saber que o Senhor cuida dos seus! Que reconheçamos essas grandes bênçãos derramadas em nossas vidas, proteção a nós concedida, a misericórdia e paz sobre nós derramada. Em nome de Jesus, agradecemos, amém.”

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.