Armadura de Deus – Parte 6

www.ipj.org.br (5)

Embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno” – Ef 6.16

 

Independente do material que o escudo era confeccionado (madeira, couro ou metal) sua estrutura interna consistia de duas tiras de couro onde uma vestia o antebraço e outra era segurada pela mão. Até hoje é uma arma impressionante, que serve tanto para defesa como para desferir golpes no oponente. Algumas possuíam uma ponta metálica central semelhante as das lanças que poderia perfurar armaduras ou o rosto dos adversários. Nossa geração tem em seu favor a produção de filmes e documentários que mostram o uso dos escudos na prática. Quem já não viu a formação “tartaruga” aperfeiçoada pelos romanos? Aquela onde os escudos eram colocados lado a lado e também por sobre a cabeça dos soldados? Quem não assistiu filmes como “gladiador”, “tróia” ou “coração valente” onde os escudos protegiam da “chuva” de flechas? O apóstolo Paulo bem sabia quão importante era este instrumento para o combatente romano, e como ele era capaz de salvar a vida no calor intenso da batalha. 

Paulo conclama seus leitores a usar e aproveitar bem esta arma de defesa e ataque que o Senhor concedeu aos seus santos: a fé em Cristo Jesus. Fé é um equipamento poderoso que protege das flechas incendiárias do inimigo de nossas almas. Na galeria dos heróis da fé estão homens e mulheres que lutaram bravamente pelo evangelho fortalecidos pelo amor de Cristo, e alcançaram a vitória esperada: a vida eterna (Rm 8.35-39. Leia! É importante). 

Sei que parece estranho Paulo falar sobre dardos inflamados, mas a analogia é muito pertinente. As tentações são estas flechas que tem alvo definido: o nosso coração. Cada tentação é uma seta em chamas capaz de ferir profundamente e proporcionar uma dor indescritível. Devido à velocidade que as flechas alcançam, as chamas passam despercebidas; o que se ouve é o silvo delas rasgando o ar e anunciando o perigo iminente. Somente um bom escudo é capaz de evitar a tragédia; somente a fé é capaz de resistir a tentação.

Este escudo protetor faz parte da armadura que Deus preparou para sua vida. Usá-lo é sinal de sabedoria e prudência. Você já embraçou este armamento?

Um bom e abençoado dia!

Rev. Joel  

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.