A Religião Pode Ajudar?

07-800x400

A religião tem sido um dos principais meios empregados pelo homem para alcançar ou obter algum favor de Deus, o problema que encontramos nesta pergunta é que a religião não pode ajudar. O próprio Jesus Cristo disse, “Eu Sou o Caminho…”, há somente um caminho para se atingir esse objetivo, esse caminho chama-se Jesus Cristo.

Na história, a psicologia, os estudos referentes a humanidade, ensina que o homem é uma criatura religiosa e encontramos no comportamento isso bem ilustrado, evidente. Ele é um ser que tem a necessidade de apegar-se, adorar algo ou alguma coisa, com o passar dos anos temos pessoas que adoram o sol, a lua, as estrelas, ídolos produzidos pelo homem, tanto em forma de madeira, de produção midiática, de pedra ou metal nobre ou não. Há divindades representadas por animais, homens físicos, totalmente mortais, enfim, incontáveis deuses que são produtos da imaginação pervertida da humanidade. Causado pela depravação total, essa que separa o homem do Senhor, e somente seremos restaurados por intermédio de Jesus Cristo, nosso Senhor e salvador. Por mais que o homem seja um ser religioso, ainda assim nenhuma religião pode ajudá-lo a ter comunhão com Deus, por pelo menos três razões:

A primeira razão mostra que a religião nunca poderá satisfazer a Deus: A religião é uma tentativa do homem em fazer-se reto para com Deus, mas qualquer tentativa nesse sentido é inútil, porque, mesmo os melhores esforços resultarão em atos imperfeitos e, portanto, inaceitáveis para Deus. O homem jamais será capaz de fazer algo que o Senhor olhe e se agrade, o homem é imperfeito e está morto em seus delitos e pecados. Não existe possibilidade do homem fazer algo que Deus olhe e se agrade. A Bíblia não poderia ser mais clara ao afirmar sobre o homem, demonstrando a nossa incapacidade de agradá-lo, conforme registro no livro de Isaías; “Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia; todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniquidades, como um vento, nos arrebatam.” Isaías 64.6.

Para alguém se relacionar com Deus é necessário estar no padrão de Deus, como encontramos em 1 Pedro 1.16; “Porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.”

Portanto, por mais que alguém se esforce em dedicar-se a Deus, utilizando-se de todos os meios pessoais possíveis, com toda força e com toda sinceridade, ainda assim não poderá satisfazer a Deus, nenhuma religião pode satisfazer a Deus, pois nenhuma consegue colocar o homem no padrão de Deus.

A segunda razão mostra que a religião nunca poderá extirpar o pecado: O grande problema do homem diante de Deus é o seu pecado, e não há virtude que possa ser usada para cancelar a culpa dos pecados praticados contra o justo Juiz.

Boas ações até indicam que alguém é uma boa pessoa, mas boas ações não são suficientes para cancelar e anular pecados, pois pecados são quebra da Lei de Deus, e não se anula atos de transgressão substituindo-os por atos de bondade.

Portanto, nenhum esforço, nenhuma boa ação, nenhuma experiência religiosa, nem mesmo o batismo, nem sacrifícios de autoflagelação, nem contribuição financeira, nem frequência a cultos, absolutamente nada pode cancelar pecados diante de Deus. Há somente um único meio para o pecado ser removido ou tirado, a saber, por Jesus Cristo, conforme encontramos registrado em primeira João, “Sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados, e nele não existe pecado.” 1 João 3.5

A terceira razão mostra que a religião nunca poderá mudar a natureza pecaminosa do homem: O comportamento de uma pessoa não é o problema, é apenas o sintoma, pois o problema é interno, é mais profundo. A raiz do problema do homem está no seu próprio coração, por natureza o coração humano é corrompido e depravado. O profeta Jeremias foi usado por Deus e declarou, “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” Jeremias 17.9

Jesus também fez uma declaração interessante quanto ao coração do homem, O Jesus Cristo declarou, “Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias.” Mateus 15.18-19

Ir à igreja e reuniões religiosas até podem fazer alguém se sentir bem, mas jamais poderá mudar ou transformar a natureza pecaminosa do homem. O único que pode mudar essa condição é Jesus Cristo, a fé em Jesus Cristo, nosso Senhor, molda nosso ser, pois somos regenerados por intermédio de Cristo Jesus. Neste sentido, a religião não pode satisfazer a Deus, não pode extirpar o pecado e não pode transformar a natureza interior do homem, o único e somente O Deus pode solucionar o problema do homem em seu estado de pecado, e a solução de Deus chama-se Jesus Cristo, e este crucificado. Jesus Cristo satisfaz a Deus, sua obra extirpa o pecado e transforma o pecador por completo.

O apóstolo Paulo ensina: “Porque, passando e observando os objetos de vosso culto, encontrei também um altar no qual está inscrito: Ao Deus Desconhecido. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio.” Atos 17.23

Somente Jesus Cristo pode mudar, transformar, regenerar, lavar, transformar o homem em amigo de Deus. Somente pelo sangue de Jesus Cristo. Louvado Seja o Senhor.

Somente Cristo pode sustentar-nos, conduzir-nos ao verdadeiro caminho, Ele é a fonte que jamais tornaremos a ter sede, tudo o que precisamos é Jesus Cristo. Ser adorador, seguidor de Jesus Cristo é o único caminho.

Deus abençoe sua vida e que Jesus Cristo reine em vós, hoje e para todo o sempre.

Que todo o Louvor, Honra e Glória seja dada somente a Ele!

Uma boa semana.

Rev. Cristiam Matos

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.