1 Pedro 5. 8 a 11 – Maravilhosa graça – parte 2

photo-1501042605301-f1902df74de1

Graça é favor imerecido. É a palavra que usamos para nos referir a tudo o que vem das bondosas e graciosas mãos de nosso amado Deus. Somos agradecidos pelo pão de cada dia, pela proteção divina, pelas graças reveladas e por muito mais. Reconhecemos que nada disso nos custa nada em retribuição, mas que ao recebermos estas graças nos tornamos alvos do inimigo de nossas almas. Por isso o apóstolo Pedro exorta a sermos sóbrios e vigilantes, bem como a resistir firmemente na fé.

Um dos pontos mais importantes da graça certamente é a salvação dos amados do Senhor (v.10). É a graça revelada na eleição que, mediante a pessoa, vida e obra de Cristo, nos chamou (isto é – elegeu, predestinou, vocacionou, escolheu) para estarmos ao seu lado em todo o tempo. Como qualquer outra forma da graça, não há mérito pessoal algum aqui. Tudo parte de Deus; é seu amor que nos outorga Jesus; é a morte e ressurreição de Cristo que nos assegura a vida eterna; é o poder do Espírito que nos mantém em pé durante os momentos de sofrimento. Assim, entendemos que a graça mais uma vez se revela transformadora: da dor em alívio, da tribulação em consolação, do desespero em esperança. Este é o poder da graça, que chama, que assiste na hora provação da fé, que aperfeiçoa, que firma, que fortifica e fundamenta. 

Quando aceitamos lutar, sofrer e resistir às investidas do maligno, o fazemos amparados pela graça que nos envolve e capacita para o combate (Ef 6.13-18; 2Ts 3.2-3).

Louvado seja Deus pela nossa salvação. Louvado seja o Senhor que nos fortalece e aparelha para a luta espiritual de cada dia. Louvado seja o Todo Poderoso por sua maravilhosa graça!

Você consegue ver a graça de Deus em sua vida? Vamos louvar a Deus por sua maravilhosa graça?

Um bom e abençoado dia.

Rev. Joel 

A Agenda para 2020 está quase pronta!

Em Fevereiro todos os eventos já estarão agendados e você poderá visualizar por aqui.